Gatinha arisca se apaixona por bebê e muda completamente

Gatinha arisca muda completamente depois de se apaixonar por uma bebê recém-nascida

A história dessa gatinha e sua pequena humana é um verdadeiro caso de amor, algo completamente impossível explicar.

No início deste ano, uma gatinha muito magra e assustada foi encontrada nas ruas de Kingston, em Ontário, lutando para sobreviver.

Veja também: 23 Fotos de gatinhos fofos clicados especialmente para derreter seu coração

Assim que ela foi capturada, o que mais ficou evidente foi o quanto aqueles meses em que viveu na rua foram sofridos.

Gatinha assustada em caixa de transporteFelizmente, havia um santuário próximo ao local, administrado por Carla Reilly Moore e seu marido, que tinha como propósito resgatar e cuidar de animais maltratados e abandonados.

A gata, batizada com o nome de Sapphire, além de muito medo, tinha uma infecção nos olhos e uma pélvis quebrada que a fazia mancar e sentir muita dor.

“Ela pode ter sofrido um atropelamento, pode ter sido maltratada por algúem, é muito difícil saber o que aconteceu”, disse Carla.

Carla estava muito atarefada. Além de cuidar de todos os animais resgatados, havia acabado de dar à luz uma menininha, chamada Mary.

Mas não restavam dúvidas: Sapphire era a mais nova integrante da família e precisava muito de seus cuidados.

O mais impressionante é que o processo de adaptação da gatinha, transformando-se de um animal assustado para um amoroso, foi bem mais simples do que o esperado.

Gatinha dormindo com bebê“Nós não resgatamos animais domésticos, esse não é nosso foco. Mas por alguma razão que não sei explicar, quando recebemos um pedido de ajuda para Sapphire, aceitamos na hora, sem perguntas”, disse Carla.

Leia também: 11 motivos para adotar um gato

No início, quando Carla trouxe Sapphire do veterinário para casa, a gatinha ficou aterrorizada e se escondeu embaixo da cama por 24 horas. Então, de repente, tudo mudou.

Gatinha arisca no colo de um homem“Do nada, ela pulou em nossa cama, bastante desajeitada devido à sua pélvis, e foi direto para o colo do meu marido”, comentou Carla.

Mas o mais impressionante viria nos dias seguintes.

Gatinha assustada no colo de uma mulherEnquanto Carla cuidava de Mary, segurando-a no colo, dando de mamar, a gatinha Sapphire foi se aproximando e parecia cada vez mais interessada na recém-nascida.

Gatinha arisca se apaixona por bebê e dorme com ela dentro do berço“Mais do que morar, a pequena Mary nasceu em um santuário rodeada de animais. Isso explica porque, assim como nós, ela tem um grande amor por eles. É completamente natural que ela tenha amigos de quatro patas em torno dela o tempo todo. Mas com Sapphire foi diferente, algo muito especial entre elas floresceu”, explica Carla.

No começo, a gatinha se sentava perto de Mary e até ficava à vontade, mas mantinha a distância e o olhar atento.

Só que, de repente, ela começou a chegar cada vez mais perto.

“Percebemos rapidamente que Sapphire parecia começar a proteger a bebê. Sempre que o cachorro passava, ela corria para o lado de Mary i ficava com uma postura ereta. Isso aconteceu uma vez, e de novo, e de novo…”, contou Carla.

Leia também: 11 Razões para adotar um cachorro vira-lata

Gatinha dormindo com uma menininha recém-nascida“Nós nunca vimos uma gatinha fazer isso antes. Percebemos que a conexão entre elas é muito forte e aconteceu muito rápido, foi realmente inacreditável”, disse Carla.

Toda vez que Sapphire deitava para cochilar, ela tocava a bebê, pois precisava sentir que estava por perto.

Conheça também: 1000 ideias legais de nomes para gatos e gatas

“Mas aquilo parecia não ser suficiente. Então ela passou a abraçar e encostar seu rosto diretamente no pescoço de Mary”, contou Carla.

Gatinha abraçando e dormindo com bebê

Carla disse ainda que toda vez qua gatinha percebe que a bebê não está por perto, ela grita e começa a procurá-la desesperadamente pela casa.

Atualmente, Mary tem 4 meses. O amor entre ela e Saphire está ficando cada vez mais claro e mais forte.

Veja também: Vacinas para gatos, preços das vacinas e frequência de vacinação

Bebê recém-nascida fazendo carinho em uma gatinha“Mary já é capaz de acariciar a gatinha Sapphire que, gentilmente, esfrega sua cabeça na em Mary”, afirmou Carla.

Leia também: 9 Gatinhos para adoção que estão perdendo as esperanças de encontrarem um lar

Carla contou também que mesmo tendo apenas 4 meses, Mary já sabe quem é a “gatinha” e a olha, como se já se conhecessem há muito tempo, sempre que alguém pergunta “onde está a gatinha?”.

Gatinha dormindo com uma criança recém-nascidaEmbora Carla e sua família tenham esse contato muito próxmo com animais resgatados, ela nunca imaginou que uma ligação tão profunda pudesse acontecer rapidamente entre Mary e Sapphire.

“Esta é uma verdadeira história de amor. Ela transcende o tempo, transcende as espécies e pode até mesmo desafiar a lógica. Alguns podem dizer que essa gatinha precisava de nós. Mas dizemos que nós é que precisávamos dela. Não sabíamos, mas realmente precisávamos”, finalizou Carla.

Veja também: Empresa oferece licença “pet-ernidade” para funcionários que adotarem animais

Siga a Arbolez no FacebookInstagram e Twitter para acompanhar dicas, curiosidades e notícias sobre animais.


Gostou desta história? Compartilhe em suas redes sociais e nos ajude a espalhar coisas legais pela internet.


Tradução e adaptação Arbolez Pet – Fonte: The Dodo