Como escolher um canil de confiança para comprar cão de raça?

Como escolher um canil para comprar cachorro de raça

Encontrar um canil de boa procedência para comprar seu cão de raça não é uma tarefa simples. É preciso muita dedicação, paciência e alguns conhecimentos essenciais para não errar na escolha. Confira!

A compra de cachorro ou qualquer outro animal de estimação é um assunto que sempre gera polêmica, especialmente pela quantidade de cães disponíveis para adoção vítimas do abandono e maus-tratos.

Contudo, não é errado querer um cachorro de determinada raça, seja por um sonho ou qualquer outro motivo que exija um cão específico.

Errado é não escolher um canil sério e de confiança, se deixar levar por preços baixos e fechar os olhos para a crueldade animal.

Assim como existe uma infinidade de fábricas de filhotes que visam somente o lucro, existem também os criadores sérios.

Estes fazem cruzamentos da forma correta e planejados, tratam os cães com respeito e oferecem todo o auxílio veterinário necessário para que seus animais tenham excelente qualidade de vida.

Portanto, se você decidiu comprar um filhote de raça, esse artigo vai te ajudar a escolher um canil de boa procedência e não apoiar a exploração de animais.

Antes do processo de escolha do canil

Encontrar um canil de boa procedência é apenas uma parte do processo.

Em primeiro lugar é preciso estar ciente de todas as responsabilidades que envolvem ter um cachorro e se planejar para evitar que mais um pet seja abandonado.

Lembre-se que um cão é uma vida que estará com você por pelo menos 10 anos. Sente fome, sede, medo, fica doente e sofre muito sempre que se separa de seu tutor.

Inclusive, muitos deles entram em depressão e chegam a falecer. Temos certeza de que você como um ser humano de bom coração não que isso, não é mesmo?

Então pense no futuro, em possíveis mudanças, em suas condições financeiras e tudo que possa colocar em risco o bem estar do animal. Seja sincero consigo mesmo e não tome uma atitude precipitada.

Outro ponto muito importante é estar ciente de que comprar um cachorro de raça em um canil de confiança custa bem caro.

Portanto, se você não quer desembolsar essa boa quantia ou não exige os padrões de uma raça, tenha certeza de que adotar um cão é o melhor caminho.

Um cachorro vira-lata é tão amável e fiel companheiro quanto um cão de raça.

Confira 11 motivos para adotar um cachorro vira-lata.

Fuja das buscas no Google

Essa sugestão nos dias de hoje parece estranha, mas você sabe como funciona o mecanismo de buscas do Google?

Através de técnicas de otimização e principalmente pelo serviço pago do Google, qualquer pessoa ou empresa pode criar um site e trabalhar para que ele seja mostrado sempre que alguém faz uma pesquisa relacionada.

Isso significa que um bom canil não deve aparecer no Google? Não, de forma alguma!

O que estamos dizendo é que nem todos os canis que aparecerem nas pesquisas (especialmente em links patrocinados) são de confiança e para não correr riscos de ser enganado é melhor seguir por outro caminho.

Calma que mais adiante você vai entender como deve fazer para comprar seu filhote de cachorro de raça de forma correta.

Evite canis de sites como Mercado Livre e OLX

É muito comum encontrar anúncios de venda de cachorros em sites como Mercado Livre, OLX e Bom negócio. Mas assim como no Google, qualquer pessoa ou empresa pode anunciar nesses sites.

Uma das coisas mais importantes que já mencionamos antes é que quem vai comprar um cachorro precisa ter ciência de que um canil de qualidade cobra caro.

Com isso, muitas pessoas acabam comprando de anunciantes desses sites por preços absurdamente baratos.

Além de correr um grande risco de comprar um cão fora dos padrões da raça e com possíveis doenças genéticas, nesse caso o comprador ainda estará sendo conivente com as fábricas de filhotes.

Se nunca ouviu falar delas chegou o momento. As fábricas de filhotes são canis clandestinos, de fundo de quintal, que pensam exclusivamente no lucro com a venda dos filhotes.

Não se importam com os padrões da raça e muito menos com os cuidados e bem estar dos animais que são cruelmente explorados para reproduzir cada vez mais.

Pelo dinheiro, e somente por ele, muitos pets são maltratados a vida toda e desprezados como lixos quando não tem mais valor. Em outras palavras, quando não reproduzem mais.

Se você é amante dos animais e deseja comprar um cão de alguma raça específica, mas quer ter a consciência tranquila, fuja dos classificados online.

É importante ressaltar também que os cães disponíveis para compra em pet shops e feira de animais são “produtos” das fábricas de filhotes.

Se por algum motivo você achar que estamos exagerando, assista ao vídeo abaixo e veja com seus próprios olhos como funcionam essas fábricas.

Atenção: as cenas são fortes e de partir o coração.

 

Busque canil na CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia)

Esse é o ponto de partida para você começar a busca por um canil de confiança para ter seu cão de raça.

A CBKC é a instituição responsável por dirigir a cinofilia nacional e manter o serviço de registro genealógico de cães de raça pura.

Todos os anos ela faz um ranking com os cinco melhores canis de cada raça e essa é a melhor maneira de você encontrar um canil de confiança.

Veja aqui a lista atualizada. Identifique os canis e comece a pesquisar sobre eles no Google, identifique informações de contato e veja o que falam sobre eles na internet.

Peça referências de canil

O mundo de hoje está completamente conectado e com a ajuda das redes sociais ficou um pouco mais simples buscar referências de canil na internet.

Além do ranking da CBKC que vimos no tópico anterior, outra boa forma de encontrar canis de boa procedência é pedir indicações em grupos da raça no Facebook, por exemplo.

Desta forma, são grandes as chances de você encontrar pessoas que já compraram cão da raça que você deseja e a experiência deles pode te ajudar a tomar uma boa decisão.

Eventualmente, você poderá receber respostas dos próprios criadores informando que tem os filhotes para a venda. Diante disso, tenha em mente que os melhores canis serão indicados naturalmente.

Com as indicações que você conseguir, faça o mesmo processo da dica anterior.

Pesquise sobre eles no Google, acesse o site, identifique os contatos e siga os próximos passos deste artigo.

Escolha um canil que cria poucas raças

Quando um canil cria várias raças de cachorros, especialmente raças da moda como Pug, Labrador, Shih Tzu e Maltês, por exemplo, é um claro sinal de que esse canil não é uma boa opção.

Existem inúmeros detalhes sobre a criação de cada raça e simplesmente por esse motivo é muito difícil que algum criador consiga se especializar em muitas delas.

Os melhores canis são especializados em uma raça ou no máximo duas raças de cães.

Detalhe importante: diferente das fábricas de filhotes é muito comum acontecer de um bom canil não ter filhotes a pronta entrega, assim como é normal terem filas de espera de meses. Geralmente esses são os melhores canis e você não deve ter pressa.

Lembre-se que o mais importante é ter o seu cão dentro dos padrões da raça de forma que ele atenda as suas expectativas.

Conheça o padrão da raça

Conhecer o padrão da raça é crucial e o mínimo que você deve fazer para não ser enganado.

Inclusive, esse conhecimento mais a fundo ajudará você a ter certeza de que a raça escolhida é a que mais combina com seu estilo de vida.

Visite o canil: conheça os criadores dos cães

Essa é uma forma prática de constatar se o canil é de confiança.

Através de visitas você poderá confirmar se são adequadas as condições em que os cães são criados, como por exemplo:

  • Se o ambiente é grande e confortável;
  • Se o local é higienizado;
  • Se os cães vivem soltos;
  • Se os cachorros tem assistência veterinária;
  • Se a alimentação dos cães é de qualidade;
  • E qualquer outra fator que esteja relacionado à qualidade de vida dos animais.

Um canil de qualidade oferece todas as condições para que os cães tenham uma vida boa, saudável e feliz.

Se você suspeitar de qualquer situação de maus-tratos contra os animais, além de não comprar seu cão nesse canil, não hesite em fazer uma denúncia.

Outra dica muito é importante é tirar todas suas dúvidas com o criador e entender melhor o processo de criação dos cachorros de forma que fique claro que esse canil realmente é especializado.

  • Veja há quanto tempo esse criador está no mercado;
  • Confira a documentação do canil;
  • Pergunte sobre detalhes do padrão da raça que você já estudou;
  • Confirme o tempo entre um cruzamento e outro;
  • Descubra com quanto tempo o criador entrega o filhote.

O ideal é que o filhote fique com a mãe e a ninhada por pelo menos três meses. Dois meses é o tempo mínimo.

Esse período é essencial para o desenvolvimento social adequado do filhote e evita que o cão tenha sérios problemas comportamentais no futuro.

Tenha em mente que assim como você está em busca de um bom canil, os melhores criadores também se preocupam com o destino dos cachorros e te farão uma série de questionamentos.

Inclusive, se concluírem que aquela raça não é indicada para você, eles não farão a venda.

Isso pode acontecer por fatores como:

  • O ambiente ou espaço que você disponibilizará para o pet não é adequado;
  • Seu estilo de vida é incompatível com as características do animal;
  • Ou qualquer outro motivo que coloque em risco a qualidade de vida e o futuro do pet.

A importância da documentação que o canil fornece

Tão importante quanto todas as dicas que já vimos, é verificar a documentação que o canil fornece no processo de venda do cachorro.

Canis de boa procedência, registrados na CBKC, fornecem o contrato de compra e venda do filhote e o pedigree.

O contrato de compra e venda poderá conter informações como os dados do filhote e do criador, valor da transação e até algumas cláusulas que cada canil julga necessárias.

Por exemplo, cláusula que atesta a saúde do cachorro e/ou que recusa a devolução do animal por desistência do comprador.

Agora ficou mais fácil encontrar seu cão de raça, não é mesmo?

Só não esqueça que a busca deve ser feita com muita seriedade e que será preciso desembolsar uma boa quantia de dinheiro para comprar seu pet.

Lembre-se também de não comprar em pet shops, classificados online e feira de filhotes para não apoiar a crueldade com os animais.

Afinal, um ser humano apaixonado por pets jamais quer vê-los sofrendo.

Por fim, é importante frisar que se você não tem um motivo que justifique ter determinada raça ou não quer gastar para comprar seu cachorro da forma correta, é melhor adotar um peludo e de quebra fazer uma boa ação.

Existem muitos bichinhos abandonados, vítimas do descaso e maus-tratos, aguardando a tão sonhada chance de encontrar seu humano para receber e dar muito amor.

Agora que você sabe como escolher um canil de confiança, conheça nosso guia completo de raças de cachorros.

Veja também nossa lista com mais de 1200 nomes para cachorro macho e fêmea.

Aproveite para seguir a Arbolez no Instagram, Facebook e Twitter e fique por dentro de tudo sobre o mundo pet.