Como escolher um cachorro de estimação ideal para crianças?

Cachorro de estimação para crianças e adolescentes

Ter um cachorro de estimação é um dos maiores desejos de quase toda criança, o bom é que os cães fazem um bem danado aos pequenos.

Por outro lado, ter um animal na família exige responsabilidade e deve ser uma decisão muito bem pensada para evitar situações desagradáveis.

Sendo assim, além de ajudar a escolher um cachorro de estimação adequado para os filhos, temos a obrigação de alertar sobre os impactos do animal na rotina de toda a família.

Cachorro de estimação não é presente

Por mais que a empolgação tome conta quando o assunto é a felicidade dos filhos, é preciso ter cuidado para não cair em armadilhas.

Cães e gatos, os principais animais de estimação das famílias brasileiras, vivem por pelo menos 10 a 15 anos, inclusive, muitos deles vivem por 20 ou mais.

Já pensou sobre isso? Lembre-se que pais responsáveis se planejam e não tomam nenhuma atitude por impulso.

Além do mais, ainda que a decisão de ter um cãozinho seja para satisfazer um desejo dos filhos, é dos pais a responsabilidade de zelar pelo bem estar do animal.

Quando decidimos ter um cão por qualquer motivo, assumimos a responsabilidade de prover qualidade de vida ao peludo, o que engloba boa alimentação, cuidados veterinários, cuidados com a higiene, passeios e brincadeiras como forma de exercícios e muito amor.

Portanto, seja consciente. Um cachorro de estimação ou qualquer outro animal, não é presente nem é descartável.

Confira nosso guia de vacinas para cachorros, conheça o calendário de vacinação anual e o preço médio das imunizações.

Cachorro de estimação para filhos pequenos

O cachorro de estimação ideal para crianças menores, com idade até 7 anos, deve ter, preferencialmente, porte pequeno ou médio, além de ser extremamente dócil e lidar bem com ambientes bem movimentados.

Isso por que, embora existam muitos cães de grande porte com essas características, filhos pequenos são bastante frágeis e podem se machucar com as brincadeiras.

Desta forma, cães como o Beagle, Shih-Tzu e Pug, entre outros, são excelentes companheiros e a diversão com as crianças é garantida.

Contudo, lembre-se que maioria dos incidentes ocorre por descuido. Portanto, crianças pequenas e animais não devem ficar sem a supervisão de um adulto nem por um minuto.

Cachorro de estimação para crianças maiores e adolescentes

Para crianças maiores e adolescentes não existe restrição quanto ao porte, pois eles são mais fortes e saberão cuidar bem do peludo.

O mais importante é o temperamento. Assim como no caso dos pequenos, é fundamental que o cachorro seja dócil e brincalhão, além de ter uma boa dose de energia.

Entre os cães amplamente recomendados, figuram o Golden Retriever, Boxer, Border Collie, além de diversas outras raças de cachorros e muitos SRD (sem raça definida).

Adotar ou comprar um cachorro de estimação?

Adotar ou comprar um cachorro de estimação é uma escolha um tanto quanto complicada e, portanto, a primeira dica é decidir com muita calma.

Por um lado, adotar um cachorro vira-lata é um lindo gesto de amor, é dar a oportunidade para um animal que foi abandonado ou nasceu nas ruas ser feliz novamente.

Por outro, prever o porte e o temperamento de um cachorro sem raça definida é praticamente impossível, o que pode ser um fator decisivo no momento da escolha.

Para filhos bem pequenos talvez seja mais seguro escolher uma raça de cachorro específica, ainda que não exista absoluta certeza de que o animal herdará o comportamento padrão da raça.

Isso não significa que não seja possível adotar um cão para esta mesma criança. Diversas ONGs de animais fazem um trabalho incrível, conhecem bem os cães de seu abrigo e podem ajudar na escolha.

Inclusive, a adoção de um cão adulto facilita o processo visto que sua personalidade já está moldada, o que torna possível realizar testes para identificar se o comportamento do pet ao lado dos pequenos transmite segurança ou não.

Em relação a crianças mais velhas e adolescentes, como possuem discernimento para evitar atitudes que possam provocar o animal e causar incidentes, a adoção é mais simples.

Embora muitos tenham o desejo por determinada raça, cabe aos pais conversar e ajudá-los a entender que o amor de um cãozinho não tem relação com a aparência física, que além de ganhar um amigo fiel eles estarão fazendo o bem, salvando uma vida.

Por fim, a regra geral é munir-se de informações.

Converse com donos das raças que você deseja, veterinários, criadores profissionais, protetores de ONGs e aumente as chances de assertividade em sua decisão.

Bom, agora você já sabe como escolher um cachorro de estimação para seu filho. Ali em cima já deixamos um link para uma lista de ONGs caso você decida pela adoção.

Ao optar por uma determinada raça, entenda como escolheu um canil de qualidade. Este conhecimento é fundamental para que você não seja mais uma pessoa a contribuir com maus-tratos aos animais.

Aproveite e confira também nossa lista incrível com mais de 1200 nomes de cachorro para batizar o futuro amigão dos seus filhos e toda a família.

Siga a Arbolez no Instagram, Facebook e Twitter para acompanhar tudo sobre cachorros.


Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pais saibam como encontrar um cachorro ideal para suas crianças.