11 Razões para adotar um cachorro vira-lata

Motivos para adotar um cachorro vira-lata

Ainda tem dúvidas de que adotar um cachorro vira-lata é uma boa ideia, além de um lindo gesto de amor aos animais? Então este texto foi feito especialmente para você.

O descaso com os animais é um problema sério em todo o mundo e no Brasil não seria diferente.

Estima-se que em nosso país existam mais de 30 milhões de animais abandonados, sendo 20 milhões de cães e 10 milhões de gatos.

Situação triste, não é mesmo?

A boa notícia é que o preconceito com os vira-latas está diminuindo e cada dia mais eles estão tendo a chance de encontrar lares e corações cheios de amor.

Na esperança de melhorar ainda mais esse cenário, preparamos uma lista com 11 razões para provar que adotar um cachorro é tudo de bom.

Vamos ver?

Conheça também 11 motivos para adotar um gato.

1. Vira-latas são únicos

Ainda que cada animal tenha sua personalidade, cachorros de raça pura seguem as características físicas e psicológicas do padrão da raça sempre que criados adequadamente.

Um Golden Retriever, por exemplo, será um cão peludo, de grande porte, dócil, brincalhão e com muita energia.

Já um cão vira-lata será uma linda surpresa e peça única no mundo. Devido à mistura de raças de cachorros diferentes, não vão existir dois vira-latas iguais e vocês vão se conhecendo aos poucos.

Quer ter um amigo canino exclusivo? Adote um vira-lata e seja feliz.

2. Cães vira-lata são mais resistentes

A vida de cães de rua é bastante sofrida. Não tem comida fácil à disposição, não tem água fresca, não tem veterinário, não tem remédios, não tem vacinas e nenhum cuidado básico.

Além de não ter as coisas básicas que eles precisam e merecem, nas ruas precisam enfrentar a chuva, o frio, o descaso, os maus-tratos de seres desumanos e diversas doenças.

Infelizmente, os mais frágeis não resistem.

Ficam apenas aqueles mais fortes e inteligentes e como num processo natural, vão surgindo cães mais preparados para resistirem a doenças e perversidades das ruas sem ajuda humana.

3. Diminuir o número de cães abandonados

Existe um número assustador de animais abandonados no Brasil. Infelizmente, grande parte deles são vítimas de pessoas sem coração que tratam pets como objetos descartáveis.

Ao adotar um cachorro, além de contribuir para mudar essa realidade, você oferece uma nova chance para que um peludo encontre o amor verdadeiro.

4. Acabar com as fábricas de filhotes

Apesar de estarem por todos os lugares, talvez você nunca tenha escutado falar sobre as fábricas de filhotes.

São indústrias de animais criadas para suprir o desejo das pessoas que querem ter um cachorro de raça a qualquer custo.

Não está entendendo? É simples.

Sabe aquele filhote de raça, fofinho e muito barato que você encontra em classificados online (OLX, Mercado Livre, Bom Negócio) e vitrines de pet shops? Geralmente, são “produtos” das fábricas de filhotes.

Para que eles sejam criados, muitos outros cães são maltratados e explorados por seres desumanos e cruéis que só querem lucrar.

Então é pecado ter um cachorro de raça? Não, de forma nenhuma. Afinal, existem sim bons criadores de cachorro.

São pessoas sérias que respeitam os animais, oferecem todos os cuidados veterinários, boa alimentação e qualidade de vida.

O problema é que a maioria dos compradores de cães não está disposta a encontra-los e procuram formas alternativas, preço baixo, entre outras coisas.

Portanto, acabar com as fábricas de filhotes que exploram e torturam cães indefesos é um excelente motivo para adotar um cachorro, não é mesmo?

Acha que estamos exagerando?

Assista ao vídeo abaixo onde a Luisa Mell, protetora de animais, invade uma fábrica de filhotes junto com sua equipe e resgata 135 cachorrinhos em situação de cortar o coração.

Atenção: cenas fortes para quem ama animais.

5. Economizar um bom dinheiro

Comprar um cachorro de raça da forma adequada é um processo trabalhoso e custa bem caro. Somados a isso, existem os custos de vacinas e castração, essenciais para manter um cão saudável.

Se você não pode ou não está disposto a desembolsar uma boa quantia, adote um cachorro vira-lata em uma ONG de animais de estimação.

Além de fazer o bem com um lindo gesto de amor aos pets, você receberá seu peludo já castrado e vacinado.

6. Salvar uma vida

A vida de um cachorro na rua é sofrida. Existem riscos de envenenamento, atropelamento, doenças que levam a morte, fome e os famosos maus tratos-contra animais.

Em um abrigo, um cachorro vive um pouco melhor.

Tem cuidados veterinários e comida, mas falta um lar aconchegante, falta passeios e brincadeiras, o amor e carinho que somente uma família de verdade pode oferecer.

Portanto, adotar um cão é salvar uma vida e poupar um peludo de todas as rejeições e atrocidades das ruas.

A recompensa? Gratidão eterna e muito amor.

7. Adotar um cachorro vira-lata é salvar várias vidas

Normalmente, os abrigos de proteção animal estão lotados. Por falta de vagas, muitos peludos acabam morrendo nas ruas antes mesmo de serem resgatados.

Ao adotar um vira-lata em uma ONG você salva uma vida diretamente e, por consequência, ajuda a salvar a vida de outros pets que serão resgatados com a abertura de vagas.

8. Vira-latas são inteligentes e adaptáveis

Outro bom motivo para adotar um cachorro vira-lata é o fato de se adaptarem com maior facilidade a qualquer situação como temperaturas mais quentes, mais frias, mudanças de ambiente, entre outras.

Por ter uma genética bem aberta, ou seja, uma mistura de várias raças, o vira-lata não tem características específicas definidas, mas são cães inteligentes.

Por conta disso, fica mais fácil treiná-lo e moldá-lo para se comportar de acordo com o que o dono deseja.

9. Vira-lata é um fiel companheiro

Cachorro vira-lata é um amigo fiel

O vira-lata é um fiel e grande amigo como qualquer outro cão de raça. Será sempre uma excelente companhia de passeios, brincadeiras ou até mesmo de sofá.

Cachorros adotados já em fase adulta podem ter uma gratidão ainda maior.

Já passaram por tantos sofrimentos nas ruas que saberão retribuir como ninguém todo o bem que alguém o fizer.

10. Adotar um cachorro é tudo de bom

Adotar um cachorro é tudo de bom.

Um sentimento de enorme satisfação por fazer o bem, por salvar uma vida, por ajudar a acabar com o fim do abandono e sofrimento animal.

Como retribuição ainda ganha um amigo verdadeiro que estará sempre ao seu lado.

11. Fazer um cachorro feliz

Por fim, adotar um vira-lata é fazer um peludo feliz.

Pegue um lenço e assista a emocionante reação de um cachorro ao ser adotado:

Então, se convenceu de que adotar um cachorro é tudo de bom? Não perca mais tempo e adote.

Aproveite para conhecer nossa lista com mais de 1200 nomes de cachorro e escolher o nome perfeito para seu novo amigo.

Siga a Arbolez no Twitter, Instagram e Facebook e acompanhe nossas dicas e notícias do mundo animal.