11 Motivos para adotar um gato

Conheça motivos para adotar um gato

Existem muitos mitos associados ao comportamento dos gatinhos. Mas quem abre seu coração e sua casa, logo percebe que adotar um gato foi uma das melhores decisões já tomadas.

Antes de falar os motivos para adotar um gato é preciso registrar que o número de animais abandonados nas ruas do Brasil gira em torno de 30 milhões.

Desses 30 milhões, temos aproximadamente 20 milhões de cachorros e 10 milhões de gatos, uma situação que entristece qualquer humano que ama os animais, não é mesmo?

Contribuir para a mudança deste cenário já seria uma boa razão para adotar um gatinho, mas neste texto você conhecerá ainda outras 11 razões.

Vamos ver?

Confira também 11 razões para adotar um cachorro vira-lata.

1. Gatos são bem tranquilos

Por mais que seja difícil entender, existem pessoas que não gostam de animais e, claro, tendem a criar mais problemas com seus vizinhos devido aos latidos de um cachorro, por exemplo.

E não somente nessas situações. Um cão que late muito pode incomodar qualquer pessoa, especialmente em apartamentos, mesmo que esta seja apaixonada por eles.

Em situações como essas, adotar um gato pode ser a melhor opção. Ainda que sejam animais noturnos e adoram brincar na madrugada, são extremamente tranquilos e silenciosos.

Veja também: Guia completo de vacinas para gatos.

2. Gatos são limpinhos

Se você conhece pelo menos um pouco sobre o comportamento dos felinos, talvez já saiba que são animais que se lambem com bastante frequência.

Esse hábito comum é considerado o banho dos gatinhos e, acredite, os deixam sempre bem limpinhos e cheirosos.

Considerando esse fator, banhos frequentes em casa ou idas ao pet shop são descartados, o que além de evitar gastos excessivos, evita que o gato fique estressado.

Portanto, o fato de ser um animal bem limpinho é outro bom motivo para adotar um gato.

3. Fazem suas necessidades no lugar correto naturalmente

Ainda que a inteligência dos cães seja uma grande virtude em diversas situações, uma das grandes dificuldades de seus donos é ensiná-los a fazer as necessidades sempre no mesmo lugar, atividade que requer bastante esforço e dedicação.

Os gatos, em geral, aprendem naturalmente a usar a caixa de areia para fazer suas necessidades e mantém sua casa sempre bem limpinha.

4. Não precisam de muito para se divertir

Sim, os gatinhos se divertem com pouco e qualquer coisa se torna um brinquedo. Portanto, quem adotar um gato não precisa se preocupar em comprar brinquedos caros e elaborados.

Gatos amam coisas simples como caixa de papelão, bolinhas de papel ou sacolinhas enroladas. Alguns se divertem até com grãos de ração no chão, jogando de um lado para o outro.

No entanto, enriquecer o ambiente para os gatos é uma forma de deixa-los mais próximo de sua natureza e mais saudáveis.

5. Gatinhos são mais independentes

Infelizmente, muitas pessoas dizem que gatos são animais malvados, insensíveis, que não ligam para seus humanos, entre outras besteiras.

Tudo isso porque os gatos são mais independentes, com um comportamento bem diferente dos cachorros.

É preciso respeitá-los e entender que precisam de liberdade para fazer as coisas no seu tempo, seja brincar, receber carinho ou deitar no colo.

Por outro lado, a independência dos gatinhos é útil para humanos que passam o dia fora para trabalhar ou que viajam aos finais de semana.

Tendo água e alimentação adequada, eles podem ficar um ou dois dias sozinhos, embora o ideal seja sempre contar com os cuidados de algum humano.

6. São ronronantes e carinhosos

Gatos são animais carinhosos e adoram ficar no colo

O fato dos gatos serem animais mais independentes, não significa que não são carinhosos.

Eles adoram a companhia de seus humanos, amam carinho, colo, sofá e dormir junto na cama. A diferença é que tudo isso acontece no tempo deles e não no seu.

E pode acreditar, não há nada mais gostoso do que um gato ronronando em cima de você e demonstrando o quando fica feliz com a sua companhia.

7. Economizar um bom dinheiro

Adotar um gato em uma ONG de animais resgatados das ruas é uma forma de ter um pet incrível sem ter que gastar para comprar um animal de raça.

Além de economizar na compra, você economiza em cuidados básicos uma vez que gatos doados por ONGs geralmente já são castrados, vacinados e vermifugados.

Outro ponto positivo é que gatos não precisam frequentar pet shops para banho e tosa e por isso ajudam seu humano a economizar ainda mais.

8. Gatos não precisam passear

Diferente dos cães, donos de gatos não precisam leva-los para passear, o que facilita a vida de pessoas que querem ter um pet e não tem tanto tempo disponível.

Mais do que isso, para sua própria segurança, gatos não precisam e não devem passear nem mesmo sozinhos.

Estudos mostram que gatinhos com acesso às ruas vivem em média 3 anos, enquanto os felinos que não tem essa “liberdade” podem viver até 20 anos.

9. Adotar um gato é salvar uma vida

A vida de um gato na rua é repleta de sofrimento. Existem riscos de envenenamento, atropelamento, doenças, fome e os famosos maus-tratos contra animais.

Adotar um gato é salvar uma vida, é fazer o bem, é dar uma chance para um dos seres mais maravilhosos desse planeta ser feliz.

A recompensa? Felicidade e muito amor.

Conheça 9 Gatinhos para adoção que estão perdendo as esperanças de encontrar um lar e conhecer o verdadeiro amor.

10. Gatos são fascinantes

Gatos tem uma personalidade incrível, o que os tornam animais verdadeiramente fascinantes.

Independente, engraçado, carinhoso e fiel companheiro, um gato faz a vida de seu humano muito, mas muito mais feliz.

11. Adotar um gato é ter um amor pra vida inteira

Você já ouviu dizer que gatos se apegam a casa e não aos donos? Sinto lhe desapontar, mas isso é apenas mais um mito.

Uma grande besteira que foi repetida pelas pessoas ao longo do tempo, criando uma narrativa que nada tem a ver com os felinos.

Na verdade, o que acontece é que os gatos depois de ambientados em sua residência sofrem mais para se adaptarem a um novo ambiente. Nada mais do que isso.

Eles são apaixonados pelos seus donos, são grandes companheiros e continuarão distribuindo amor e gratidão pelo resto de suas vidas.

E então, percebeu que adotar um gato pode ser um plano perfeito para encontrar felicidade? Não perca mais tempo e adote.

Mas antes, lembre-se: conviver com gatos é uma experiência incrível, mas exige responsabilidade. Eles precisam de comida saudável, água fresca, cuidados veterinários, ambiente seguro, além de muito amor e carinho.

Aproveite e veja 23 fotos de gatinhos fofos que vão fazer você se apaixonar.

Conheça também nossa lista incrível com mais de 1000 nomes para gatos e escolher um bem legal para o seu novo felino.

Siga a Arbolez no InstagramFacebook e Twitter e acompanhe as notícias do mundo pet.